Primeira montagem mundial de Bem-Vindo, Estranho estreia em São Paulo

Bem Vindo Estranho 2Primeira montagem mundial de Bem-Vindo, Estranho estreia em São Paulo

Baseada na peça originalmente intitulada Be Mine, da dramaturga britânica Angela Clerkin, a montagem do texto é a primeira no mundo. A estreia ocorre no dia 18 de outubro de 2013, em São Paulo. Bem-vindo, Estranho mostra, de maneira envolvente, a convivência de três pessoas aparentemente comuns, mas que escondem um caráter frágil, uma personalidade ambígua e que têm muita dificuldade em lidar com os seus sentimentos.

A direção é de Murilo Pasta, também estreante no teatro. Regina Duarte, Kiko Bertholini e Mariana Loureiro formam o elenco. O espetáculo, situado em Londres, mostra a conturbada relação de Jaki e Elaine, mãe e filha, interpretadas por Regina Duarte e Mariana Loureiro.

O cotidiano das duas se torna cada dia mais problemático, na medida em que Elaine, jovem advogada, consegue a absolvição do jovem Joseph (Kiko Bertholini), acusado de ter assassinado a namorada com uma facada. Ela se vê apaixonada por ele e o traz para viver no apartamento que divide com a mãe.

Jaki, conscientemente ou não, trava com a filha uma relação doentia e sufocante, de amor e de dominação, fato que fica evidente desde a primeira cena.  Estabelece um jogo de sedução e nocauteia com ações e palavras o romance da filha.

Bem Vindo Estranho 1Elaine quer se libertar do controle de sua mãe, mas acaba cedendo aos caprichos maternos.

Joseph nega ser o responsável pela morte da namorada, mas apresenta uma personalidade arisca, inquieta e com tendência para a violência.

O renomado JC Serroni assina uma cenografia que coloca a ação numa residência de classe média baixa londrina. Uma ambientação adequada. A direção imprime uma estética cinematográfica noir que não abandona a teatralidade, sobretudo na interpretação. A trilha e a luz e os blackouts conduzem a ação, evidenciando o clima de suspense, e funcionam como um personagem, na medida em que reforçam a tensão imposta pelo texto.

As cenas são muito bem costuradas. O elenco está em sintonia e consegue transmitir com precisão a tensão causada pelas atitudes dos seus personagens.

Bem-Vindo, Estranho promove uma pertinente discussão sobre o comportamento humano. Pessoas aparentemente equilibradas podem realizar ações absurdas.

FICHA TÉCNICA
Elenco: Regina Duarte, Mariana Loureiro e Kiko Bertholini.
Direção: Murilo Pasta.
Texto: Angela Clerkin.
Tradução: Kiko Bertholini.
Cenário: J.C. Serroni.
Iluminação: Aline Santini.
Figurino: Iraci de Jesus.
Música Original: Marcelo Pellegrini.
Realização: Brucutu Filmes e Filet Produções Artísticas

Fonte: Aplauso Brasil