Teatros: uma memória do espaço cênico no Brasil

Em sua primeira obra, o mago da cenografia brasileira, J.C. Serroni, apresenta informações sobre 892 casas de espetáculo, distribuídas em 26 estados e o Distrito Federal. Além de mapear estes espaços primorosos, Serroni conseguiu reunir, pela primeira vez em um livro, um rico material fotográfico e depoimentos esclarecedores de artistas, teatrólogos e outros profissionais de renome ligados à dramaturgia brasileira.

Na ampla radiografia dos principais palcos do país, 88 deles ganham painéis mais detalhados, com informações históricas, proprietários, fotos e depoimentos de artistas como Marília Pêra, Tônia Carrero, Paulo Autran, Ítalo Rossi, Lima Duarte, Daniela Thomas, Antunes Filho, José Celso Martinez Corrêa, Antônio Abujamra e Gabriel Villela.

O embrião do livro, a rigor, está na tese de graduação que Serroni defendeu na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, em 1976. Naquela época ele mapeou a evolução de alguns edifícios teatrais do município, inclusive os que desapareceram.

Cinco anos de atuação na extinta Fundação Nacional de Artes Cênicas (Fundacen) também contribuíram para esboçar o projeto que reúne em 360 páginas 231 anos de história teatral do país.

Além de conhecer os principais ninhos da arte da dramaturgia, o leitor é agraciado com informações antes não organizadas. Um exemplo: 90% dos palcos brasileiros têm conformação italiana, quando o palco separado da plateia, com visão sempre frontal e definição clara da boca de cena.

Ficha Técnica
Autor e organizador: J.C. Serroni
ISBN: 8573592494 – 360 páginas
Editora: Senac – São Paulo

Sumário
Mensagem – Brasil Telecom
Prefácio – crítico Alberto Guzik
Apresentação – atriz Fernanda Montenegro
Prólogo – coreógrafo Gianni Ratto
Ensaio – Gustavo Lanfranchi
Introdução – J.C. Serroni
88 teatros
804 verbetes
Glossário
Índice de teatros

Sinopse
Os espaços teatrais no Brasil aparecem pela primeira vez reunidos no livro Teatros: uma memória do espaço cênico no Brasil, organizado pelo renomado cenógrafo J.C. Serroni. São imagens e em depoimentos esclarecedores. Atendendo ao convite de escrever, artistas e técnicos da cena (vários dos maiores nomes em diversas especialidades) contribuíram com sua visão pessoal para mostrar o que alguns edifícios representam na vida cultural do Brasil.